quinta-feira, 2 de outubro de 2008




A Nano-Existência do Infinito

Por quanto tempo o tempo só vai passar?
Será que um dia ele há de parar?
E se parar, como irá ficar?
Já parou pra pensar?

Do movimento do espaço nasce o tempo...
Mas do movimento do espaço em relação ao que?
É preciso um ponto de referência
Portanto, existe pelo menos outro espaço...
E o que tem ao redor deles?
Dois pontos ocupam algum lugar no espaço...
E esse espaço ocupa lugar no que?
No infinito...
Se o infinito é espaço,
O espaço são infinitos espaços?

O espaço é das dimensões que cada um enxerga a vida,
E será infinito quando o tempo parar,
Este só pára quando seu ponto de referência também chegar...

15 comentários:

  1. Tempo e espaço. Faz mais sentido para aquilo que passa. Porque tudo o que fica é eterno, aqui e em todo lugar. Qual a referência de Vinícius quando pede a eternidade para enquanto durar um momento? Nisso está o aproveitar a existência. E o aproveitar a vida, o que seria?

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto!!! Penso que um momento pode ser curto, efêmero e ao mesmo tempo infinito. Dependendo da intensidade com que se viveu. O tempo do infinito não acabará e sim o tempo da vida. E assim seguimos, ainda sem referência...

    ResponderExcluir
  3. E qual será seu ponto de referência?
    Realmente, como será se o tempo parar?
    Eu não havia parado para pensar, mas seria no mínimo algo nunca visto antes.

    Com certeza, o que demora mais e é conquistado com esforço vem melhor! Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto, continue assim!
    Também adorei o visu do seu blog..
    Se quiser dê uma passadinha no meu, ainda estou começando mas jaja fico que nem o seu.

    Bjos

    http://www.pitanguete.zip.net

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Tenho um imenso prazer em ler seus textos!! Suas perguntas, o seu texto fizeram-me refletir...
    Percebo que o tempo é algo extremamente valioso, se o perdemos não há como voltar atrás...Portanto devemos empregá-lo em coisas que verdadeiramente tenham valor, seja de importância para nós!
    Quanto aos questionamentos deixemos que o próprio tempo se encarregue de respondê-los!!!

    Belíssimo texto, realmente amei suas palavras!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Certeza?
    Só que quanto mais o tempo passa mais ele encurta!

    ResponderExcluir
  7. Amei seu texto!
    O tempo é valioso mesmo!
    Acredito que o tempo não pára.
    Mesmo que não haja mais espaço, o tempo pode ser infinito, assim como o que realizamos pode ser eterno!
    Adoro vir aqui!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Mas o senhor realmente é o rei do trava linguas e dos pensamentos,haha.Adoro o jeito que escreve, só corro um pouco dessas rimas com 'ar'.

    Acredito que passamos todo dia por um tipo de ponto de referência, e que infinito é muito abstrato para haver uma definição,podemos estar no meio dele sem saber. O tempo pode estar parado se visto de outro ponto de visto o qual desconhecemos.
    Quem disse que o tempo é isso que chamamos de tempo?
    Quem define o que é infinito?
    Quem sabe a forma do ponto de referência?

    :)

    Beijao querido.

    ResponderExcluir
  9. "O espaço são infinitos espaços?"
    Uma pergunta que chega a afirmar, diante da tamanha coerência que tal reflexão faz. Muito legal isso, através de palavras de sentido muito aberto, fez-se uma ideia muito sólida, e o mais incrível; a sentença é uma interrogação.

    Muito bom!!
    abraço!

    ResponderExcluir
  10. É preciso se expressar de alguma forma, realmente!
    Obrigada pelos elogios aos poemas, realmente estão mais
    positivos...estou revendo algumas coisas!
    Boa semana, bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Victor, valeu pela força... apesar dos desabafos, sei que não podemos perder a esperança... tem coisas que nos colocam pra baixo, nos dão rasteiras, mas levantar é preciso, e continuar a luta é sempre o que importa... porque "ficar na praça dando milho aos pombos" nao vai fazer a diferença para o mundo... e acredito que se nao somos partes dos que promovem a mudança, estamos contribuindo para manter a "ordem" das coisas...

    Qaunto às suas poesias, sao muito ricas, expressam a complexidade do mundo em versos... não dá pra nao refletir lendo o que você escreve...

    Abraço e boa semana pra ti...

    ResponderExcluir
  12. EHHHHH
    simplismente.... adorei!

    Mateussssss... como assim???
    não sabia que estava aqui também... ora bolas!!!
    rs

    bjim

    ResponderExcluir
  13. Lindíssimo poema..
    O único espaço que tem fim é o físico (entenda como quiser).. o céu é a metade de nossa alma, já o espaço não, é físico demais.... e um dia há de acabar.. posto que tudo sem alma retorna ao pó..
    Beijos em sua alma,eterna.

    ResponderExcluir
  14. Eu quero um ponto de referencia também. =)

    Mto bom o poema.

    Pena que a mente humana, limitada, não consegue entender o infinito em sua totalidade.Mas um dia entenderemos.

    ResponderExcluir
  15. Primo, eu recebi a sua carta, viu?
    Em breve escreverei uma carta procê, certo? Abração!

    ResponderExcluir